quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Good-bye, 2016...

E assim chegamos ao final deste cansativo e cheio de novidades 2016. É impressionante como estou me sentindo exausta, física e mentalmente; mais impressionante ainda é verificar que várias pessoas, muitas mesmo, estão se sentindo desta maneira, mais cansadas do que o normal para o fim do ano. Crises políticas, eleições (municipais), desemprego desenfreado - tudo isso abalou uma população como um todo, e eu, que sou parte deste povo, também tive minha cota de preocupações e mudanças em minha vida, algumas boas e outras nem tanto. Fato é que, embora cansada ao extremo, agradeço a Deus por ter chegado até aqui, e por tantas coisas acontecendo, peço desculpas pelo espaçamento de mais de um mês sem dar notícias.

A loja está bem, dentro do que se pode considerar bom para o momento. A mudança para o espaço novo trouxe novos ares, e obviamente, quadruplicou o serviço daqueles que a administram. Minha função, como lojista, é de manter meu espaço


 abastecido , e assim, produção foi meu enfoque para a loja em 2016. De março (quando ingressei) até agora, tenho tido a singela satisfação de ver vários de meus produtos serem vendidos, e ainda que isso não represente lucro significativo, representa certo reconhecimento, e devagarzinho as pessoas tem conhecido meu pedaço. Lembram-se da minha série de 6 tapetinhos de malha? pois bem, saíram todos, juntamente com outros que já estavam lá. Ao lado de outros produtos, tais como bolsas, carteiras, porta-batons, necessaires, etc, os tapetes tem feito certo sucesso, o que me deixa infinitamente satisfeita. Gosto de imaginar estas peças nas casas das pessoas, é um sentimento que me aquece, de verdade, e assim, ter meu espaço na A Sua Kara foi uma de minhas pequenas conquistas este ano.

Continuo a trabalhar como professora universitária, junto a pessoas que adoro e que são especiais para mim. O fato de ter um trabalho assalariado é verdadeiramente uma bênção em um mar de demissões, e agradeço profundamente aos céus por isso. Igualmente agradeço pelo trabalho de meu marido, que muito embora o mantenha longe de nós por longos dias, trouxe-nos até aqui dignamente.

O tempo não pára, e prova disso foi a formatura de meu filho, do ensino médio, no fim de semana passado, tão significativa para mim e meu marido. É o fim de uma etapa, e início de outra rodada de preparações.

Mas falemos sobre tapetes. Após minha série, iniciei outra sobre tapetes de malha, agora que apresentam alguns detalhes, tais como bordados, caseados, etc. É uma forma de mostrar que o fio de malha pode ser utilizado em vários tipos de aplicações diversas. Como padrão, tenho usado teares de pregos, que já estão na medida exata para o que necessito.

Um dos que fiz, e que foi vendido bem depressa, incluia bordados simples imitando flores, cujo passo a passo tentei registrar. Como verão, fácil e rápido:

Ao fazer a trama, corte um pedaço de um outro fio de malha à sua escolha, e vá passando por cima e por baixo da última 1/2 duite feita, conforme a foto. Ao chegar ao outro lado, passe a ponta para o lado do avesso.

 


A próxima 1/2 duíte será feita com o fio utilizado no bordado, em fio simples (note que tanto a trama quanto o urdume são feitos em fio duplo). A seguir, passe a trama normal, e cortando um outro pedaço de fio de malha, passe por cima e por baixo desta última 1/2 duíte feita. Note o padrão em flor formado. Depois disso, é só continuar a trama normalmente até o próximo ponto onde se quer fazer outra carreira de flores.



 Trabalho finalizado. Proceda com os acabamentos de praxe (correntinha, etc), tire do tear e lave. Esconda os fios soltos na trama pelo avesso.



Uma outra idéia que tive para um último tapetinho deste ano, envolve casear em toda a volta. O resultado foi fofíssimo:






E assim, encerro as atividades deste ano. Desejo a todos Ótimas Festas, e que 2017 venha com energia renovada. E, me aguardem, mais artesanato.
Obrigada a todos que me seguem, e espero que continuem a seguir.
Abraços a todos, e vamos às férias! ano que vem tem mais!