segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Uma história de 6 tapetes (parte 2)

Conforme combinei com vocês, o tapete 2 teria uma cara de Romero Britto...ou balinhas coloridas dentro de uma caixa preta... bem, enfim, qualquer coisa desta natureza (rs). Essa idéia do Romero Britto veio justamente do tipo de pintura que é característica deste artista, tão famoso dentro e fora do Brasil. A identidade conquistada caracteriza o tipo de desenho, e hoje em dia praticamente não tem pessoa alguma que não reconheça um quadro de Romero Britto:


A New Day - Romero Britto


É forte o traçado preto, como contorno das cores alegres e vibrantes  - verdadeiramente colorido. E foi com esse pensamento que resolvi montar meu tapete número 2:


O software para teares de pregos é um pouco limitado com relação às cores, como vocês já sabem, mas tentei pegar a idéia de um contorno preto forte para as várias cores que escolhi. Para este efeito, montei  o urdume com alternância entre preto e outras cores, em cada prego, e a trama segue toda em preto. O resultado? muito lindo (na minha humilde opinião...):



Fiz questão que todo o acabamento fosse em preto, para não fugir da idéia de contorno. E nesta semana, estará à disposição dos possíveis compradores.

Para o tapete 3: tons de marrom e um xadrezinho básico...

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário